Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um dia depois do ano passado

Um dia depois do ano passado

talvez .

IMG_5499.JPG

 

Talvez seja no sorriso que me reflito. Ou talvez, seja num mero abraço que me encontro. Daqueles que não falando, dizem o universo. Daqueles capazes de envolver o mundo inteiro. Dar sentido ao presente e ser um impulso para o futuro. Talvez seja num olhar sincero que me re-invento. Numa vontade de ver mais além. Talvez precise de uma mão sobre o meu ombro que no silêncio me transmita que sou capaz. Uma mão que me guie, que me ampare pelos desvios deste caminho que vou percorrendo. Talvez me falte o odor característico, que me aconchega e me conforta. Talvez não tenha a voz que me sossega e me põe em sintonia com a vida. Talvez. Essa incerteza que paira no ar, mas que ao mesmo tempo me dá forças para continuar. Sem desistir. Porque há sempre, do lado de lá, o sorriso, o abraço, o olhar, a mão, o odor, a voz... a certeza de que tudo muda, sem nada mudar. 

 

Desculpem a minha ausência, mas esta "nova vida" não me tem dado grande tempo para passar por aqui.

 

 

Nicolau Breyner !

Nicolau-Breyner.jpg

 

Às vezes, só nos apercebemos da efemeridade da vida quando vemos partir aqueles que nos lembramos de observar, desde que começamos a dar os primeiros passos. Perdidos na inocência do tempo, crescemos a vê-los crescer, a ganhar protagonismo. O Nicolau é de Portugal. Partiu, mas deixou marcas de um percurso inimitável, de um talento indescritível.

 

Descanse em Paz, Nicolau Breyner!

Avô .

IMG_4922.JPG

 

Tanto que é nosso. Tantos percursos definidos em longas caminhadas. Frases feitas que só nós sabemos. És-me muito. És imenso em tudo. Fazes do impossível, possível. Do imperfeito, perfeito. Fazes o tempo valer a pena. Porque estás lá. A dar-me força para seguir. A garantir que o futuro se faz de riscos. A construir alicerces para que o combustível não me falhe ao longo do percurso. És tu. Tu que és vida em mim. Vida que dá vida. Dá cor. Dá felicidade. Por tudo. 

 

Parabéns Avô! 

 

Que venham muitos mais anos... quero festejá-los! De mão dada contigo, sentindo o peso do trabalho que as tuas mãos carregam. Abraçando-te, para que me sinta em bom porto(-seguro). 

Farei os impossíveis, sempre... para que sejas o mais feliz! 

 

És-me.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D